Comunicado Importante

Agradecemos a todos que nos visitam e solicitam os links, mas o Google fudeu conosco e retirou todos os links. O blog está desativado por tempo indeterminado, nos desculpem pelo inconveniente. Procurem o material desejado nos nossos parceiros.

sábado, 22 de março de 2008

Artillery - Fear of Tomorrow (1985)

Artillery
Taastrup, Dinamarca
Estilo/Gênero: Thrash



Pedido do Joe
Taí a dinamarquesa favorita de todos quando o papo é Thrash do bom, princialmente por contar com um som bastante sólido, focado em riffs inteligentes e em solos muito bem elaborados, que evoluem a cada um dos seus três full.
Fear of Tomorrow é o primeiro da tríade, e vem com um som mais cru e bruto (e ainda sim bastante técnico) que os demais, e apesar de seguirem uma linha geral, os seguintes adicionam mais experimentalismos nos solos e até uma ritimação bem ao estilo Árabe no terceiro disco.
Formados em 1982, tiveram sua formação freqüentemente alterada durante a carreira até encerrarem suas atividades em 1991 com o lançamento de uma coletânea das demos tapes intitulada Deadly Relics.
Em 1999 a banda se reúne para gravar o B.A.C.K, que praticamente liderou o retorno das bandas de thrash que estava por vir, como o The Antichrist do Destruction e o Violent Revolution do Kreator.
Excelente pedido, francamente recomendado!

6 comentários inúteis:

GANJACORE disse...

CLÁSSICO DO THRASH! QUANDO OUVÍ A PRIMEIRA VEZ VIA FITA K7 DA ROCK STORY QUASE QUEBREI O PESCOÇO E O SOM!!!!

Joe Unabomber disse...

Classico obrigatório!!!
Vou mandar minha filha para casa de uma amiga ,senão vão ser anos de analise pra tirar a imagem do pai se contorcendo ao som de "Fear of Tomorrow".Como o Ganjacore,tive meu primeiro contato num K7(esse um original,coisa rara em 89,pois as fitinhas eram caras pacas embora mais em conta que os LPs).3 oldschool racharam a grana pra depois se esbaldarem nesse arrasa-cérebros.Consistente sem deixar de ser porrada!Pancadaria e tecnica!!!Simplesmente uma dadiva que o Babera manda!!

Força Sempre,BRABERA!!!

Ruptured disse...

Isso me faz pensar, como hoje é extremamente fácil ter acesso aos sons. O ganja e o joe tinham que correr atrás pra ouvir umas poucas vezes e deixar o disco gravado na memória. Era osso (mas interessante)...só temos a agradeçer.

BlackHammet []Tumullus[] disse...

é e não é rup, tudo bem que pra gente que ta aqui, o acesso é facil, relativamente fácil.

mas tem gente q nao tem pc em casa, ou entao que nao tem internet, ou entao que nao tem banda larga, ou entao q tem tudo isso mas nao conhece audioblogs ...

sei la acho que depende da situação

DEVILDEVIL disse...

Peguei o endereço com o Ganjacore. Este Artillery é muito bom. Ele está completo? tem uma versão dupla sem a música King thwe name is Slayer. Valeu e parabéns pela qualidade do blog

Ruptured disse...

Obrigado amigo,

Vou pagar um salgado pra o Ganja por ter indicado o blog.
E a faixa King Thy Name is Slayer consta sim nessa versão pode pegar tranqüilo.
Fique por aqui que sempre aparece uns discos toscos como este.

Valeu!

 

blogger templates | Make Money Online