Comunicado Importante

Agradecemos a todos que nos visitam e solicitam os links, mas o Google fudeu conosco e retirou todos os links. O blog está desativado por tempo indeterminado, nos desculpem pelo inconveniente. Procurem o material desejado nos nossos parceiros.

domingo, 22 de junho de 2008

Negative FX - Discography (1984)



Negative FX.

Boston, EUA.

Estilo/Gênero: Hardcore, Punk.







Hoje acordei e fui ouvir Negative FX, enquanto isso estava eu baixando uns Exploited no blog... Quando percebi que ainda não tinha postado Negative FX aqui! E eu jurava que ja tinha postado a muito tempo... É foda, to devendo Bambix, Stiff Little Fingers, reupar Brand New Sin, Attomica, etc... Mas vamos com calma, hoje eu acho que consigo por isso tudo no HD, e ai no decorrer da semana eu vejo o que da pra fazer.



Mas então... Negative FX né? Bom, o que eu posso falar deles é que essa banda é foda demais, HC crú feito bem no início da cena em Boston, encontrei o mínimo de informação deles pela rede, segue ai embaixo:



Já liguem o divshare enquanto lêem as informações, assim vocÊs ja podem ir concordando ou não com o que está escrito.



Do wikipedia:



"Negative FX foi uma banda de hardcore de Boston formada em 1982. A banda existiu por um período muito pequeno, tocando em exatos 5 shows (6 flyers desenvolvidos), a banda era muito conhecida pelo seu envolvimento com a cena straight edge local nos anos 80. De acordo com membros das bandas DYS e SS Decontrol (SSD), Negative FX fazia parte da Boston Crew: um grupo que viajava pelo país com SSD e outras bandas de HC de Boston.



Negative FX tocava um hardcore punk extremamente rápido e "não-melódico", sua música é considerada um "proto-powerviolence". Os membros da banda consistiam em Patrick Raftery na guitarra, Rich Collins no Baixo, Dave (Bass) Brown na batera, e Jack Kelly nos vocais, que frequentemente era chamado de Choke. Choke mais tarde tocou no Last Rights, e depois no Slapshot.



Negative FX lançou apenas um album homônimo, que foi gravado em Abril e Novembro de 1982 na Radiobeat studios em Kenmore Square mas que não foi lançado até 1984 pela Taang! Records. E foi relançado em vinis azuis, vermelhos, calros e escuros, todos limitados a aproximadamente 500 cópias pela Taang! em 1989 e mais recentemente pelo selo belga Reflex Records em 2002 em vinis pretos limitados a 800 cópias, vinis rosas limitados a 100 e amarelos a 100 também. Também é sabido o fato de que o NOFX criou seu nome a partir do Negative FX."



Fonte Wikipedia: http://en.wikipedia.org/wiki/Negative_FX



Do Slapshot:



"Negative FX formado em 1981. O lineup era:



Vocals - Jack Kelly

Guitar - Pat Ratferty

Bass - Rich Collins

Drums - Dave Brown



18 faixas, beirando a 20 minutos, foram gravadas em Abril e Novembro de 1982 no Radiobeat.

Originalmente Negative FX foram apenas gravar uma vez e sairam com uma radio tape, e depois gravou de novo. Isso porque eles gravaram apenas 8 músicas na primeira sessão mas eles queriam gravar 16 músicas. Aí Jack Kelly machucou seu joelho, e ai acabou que tudo ficou meio que arquivado. Então muitas gravações nunca viram a luz do dia.

O material foi, entretanto, lançado em 1984 por Curtis Casella na recém fundada Taang! Records. A capa era a foto do serial killer Charles Manson mas ao invés da suástica em sua testa, havia o logo do Negative FX.



The Boston Crew



Negative FX era, juntamente com DYS e SS Decontrol [e futuramente com o Last Rights], o núcleo do assim chamado Boston Crew. Eles eram um grupo de cerca de 20-30 pessoas que costumavam seguir o SS Decontrol em qualquer lugar que eles fossem.



Existem várias histórias sobre o que eles faziam. Umas delas é sobre como eles costumavam ir pra Nova Iorque na van do SSD que tinha os vidros "insulfilmados" e com X marcado em suas cabeças. Aí se eles vissem algum garoto no pit sem o X, surravam ele, sabendo que o coitado era de NY.



Sim, havia uma enorme rivalidade entre as cenas de Boston e NY. Boston tinha, juntamente com a cena de Washington DC, uma mentalidade Straight Edge e um sentimento de... algo como "orgulho suburbano". A cena de Nova Iorque era concentrada principalmente na Lower East Side que era muito mais violenta comparando com Boston. Lá havia "beggars", Krishnas e galeras de outras ideologias.

Negative FX só tocou em 5 shows [mas há 6 flyers, de qualquer forma]. O seu show mais marcante foi no Mission Of Burma em 1983. 4000 apareceram e dentro de instantes após o Negative FX entrar no palco, o cara do som puxou os cabos e ai foi uma confusão no recinto. Jack Kelly gritou "Nós não vamos parar! Vai se fuder!" e ai o cara do som deu com um contrabaixo na cabeça do Jack.

Esse fato foi filmado e esta em posses da Taang! Records' na compilação TaangTV volume 1."



Fonte Slapshot: http://www.oldtimehardcore.com/biography/negative-fx.asp



Recomendo que vocês olhem os links originais pois não sou muito bom em Inglês, então posso ter traduzido algo de forma incorreta.



A capa que posto aqui é do relançamento feito pela Taang! em 1996, com 6 músicas regravadas pelo Last Rigths no mesmo ano. A última faixa é um sample do já citado show Mission of Burma (essa música não consta no lançamento original) hahah é engraçado ouvir o som sendo desplugado e depois o Jack gritando e o som voltando... =)



No mais, baixem, levem pra casa do seu amigo, e agite um mosh bacana.

1 comentários inúteis:

Hellraiser disse...

Mortais: quando ouço um álbum desses fico pensando: sou eu que estou ficando velho ou não se fazem mais bandas como antigamente?

(pensei que nunca diria uma frase dessa mas tenho repetido isso muitas vezes nos últimos tempos..)

 

blogger templates | Make Money Online