Comunicado Importante

Agradecemos a todos que nos visitam e solicitam os links, mas o Google fudeu conosco e retirou todos os links. O blog está desativado por tempo indeterminado, nos desculpem pelo inconveniente. Procurem o material desejado nos nossos parceiros.

terça-feira, 17 de junho de 2008

Sepultura

Belo Horizonte, MG

Estilo/Gênero: Thrash, Death



Em 1983, ano de ressaca do Show no Mercy e do Kill'em All e de surgimento dos primeiros traços do Death Metal com o Death e o Possessed, os irmãos Max e Igor Cavalera se juntam a Paulo Júnior e a Jairo Guedez para estremecer o solo nacional não apenas com um som que era idêntico ao de fora, mas que com doses de cavalares de sujeira e velocidade ajudou a estender ainda mais as fronteiras do metal, que já haviam sido bastante alargadas graças à explosão do Thrash.

As primeiras composições como Necromancer e Antichrist já estavam sendo exibidas na ainda iniciante cena de BH, quando foram definitivamente registradas pela Cogumelo Records, grande apoiadora da música barulhenta na região.

Diferentemente de muitas outras bandas, o Sepultura nunca gravou uma fita demo, partindo logo para o LP sustentado pela Cogumelo, com o nome de Bestial Devastation.













Overdose

Belo Horizonte, MG

Estilo/Gênero: Thrash



Do outro lado do bolacha, contando com Cláudio, Bozó e Fernando em seus devidos instrumentos, o Overdose trazia em suas primeiras composições, um som que resgatava o AC/DC e o Black Sabbath, mas calcados em um Thrash forte e sólido e passando pelo fantástico Heavy que estava pipocando em SP (Salário Mínimo, Centúria), bem ao estilo que caracterizaria o som das cenas nacionais posteriores.

Segundo os próprios integrantes, no início da carreira, a emoção dos shows não consistia em fazer a piãozada rodar, mas sim em conseguir sair ileso devido as inesperadas reações que os membros mais conservadores da sociedade poderia ter (leia-se Crentes rsrsrs).

Enfim, em 1985, o Overdose une forças à Cogumelo Records para soltar seu primeiro LP, no entanto, sem repertório suficiente, os caras da Cogumelo tem a genial idéia de convidar outra banda para completar o tempo, nada mais nada menos que...Sepultura.



*Desnecessário tentar explicar a reação que este split causou na época, talvez só comparável ao Começo do Fim do Mundo para o Punk e ao SP Metal para o Heavy.



** Amostra do Sepultura é Bestial Devastation, do Overdose é Filhos do Mundo



*** Pegue ou Morra

2 comentários inúteis:

rodrigo disse...

"Irmãs" Max e Igor Cavalera (ou vice versa)foi erro de digitação,ou foi um trocadilho sarcástico? O Bestial é muito bom,bem melhor que o Século XX.

Ruptured disse...

erro mesmo haha!

O Bestial é tr00 from hell, mas o Século, na minha opnião, não deve nada. Só são bem diferentes.

Obrigado pelo aviso.

 

blogger templates | Make Money Online