Comunicado Importante

Agradecemos a todos que nos visitam e solicitam os links, mas o Google fudeu conosco e retirou todos os links. O blog está desativado por tempo indeterminado, nos desculpem pelo inconveniente. Procurem o material desejado nos nossos parceiros.

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Krabathor.
Uherské Hradište, República Tcheca.
Estilo/Gênero: Death.



Saudações, mortais.
(esse post atende ao pedido de "death_rasher")
Diretamente das profundezas da República Tcheca, tenho a honra de trazer para esse blog infestado de adoradores do barulho o Krabathor.
Fundada em 1984 por Petr "Christopher" Kryštof (vocais e guitarra), Radek "Bája" Kutil (guitarra), Jirí "Necro" Novák (baixo) e Petr "Kopec" Kopecek (bateria), a banda percorreu quatro longos anos compondo e registrando em demos suas músicas sobre a morte e as mais variadas desgraças humanas. Foram, mais específicamente, cinco as demos: Breath of Death (Demo, Agosto 1988), Total Destruction (Demo, Outubro 1988) e Brutal Death (Demo, Dezembro 1988), Pocity Detronizace (Demo, Abril 1991) e Feelings of Dethronisation (Demo, Agosto 1991). As duas últimas, na verdade, eram a mesma demo, só que a segunda incluía três faixas adicionais cantadas em inglês). Esse material rendeu a esses desajustados europeus um contrato com a Monitor Productions para o lançamento do primeiro álbum, "Only Our Death Is Welcome", em 92. Com direito ao clip "Pacifistic death", veiculado na TV tcheca e nos países vizinhos, os caras passam a se apresentar por todo o país e em mais alguns outros lugarejos aprazíveis da antiga "Cortina de Ferro"(Eslováquia, Hungria, Polônia, Romênia etc). Um ano depois (93) eles lançam "Cool Mortification". Em junho de 95 sai o EP "The Rise of Brutality". Ainda em 95 eles trocam de gravadora, agora para a "Morbid Records", e lançam "Lies", o terceiro álbum. Em 97 é lançado o quarto álbum, "Mortal Memories", e em 98, mais um: "Orthodox", lançado enquanto a banda excursionava com as bandas Malevolent Creation e Master. No ano de 99 os dois primeiros álbuns da banda (Cool Mortification e Only Our Death is Welcome) são re-lançados. "Unfortunately Dead"(2000) e "Dissuade Truth" (2003) são os últimos registros dessa banda (pelo menos na página oficial dos caras).
Foram cerca de 800 apresentações com bandas como Vader, Cannibal Corpse, Deicide, Kreator, Entombed,Napalm Death, Malevolent Creation, Master, Impaled Nazarene, Grave, Immolation, Agathocles, Blood, Nightfall, Anathema, Sinister etc.
Vários países visitados e, entre mortos e feridos, todos se salvaram (malditos sejam). Enfim, chame aquele cara que te deve uma grana e coloque-o pra escutar "Pacifist Death". Ou ele vai adorar, pedir desculpa pelo atraso e te pagar, ou ele vai odiar, te pagar e implorar pra ir embora..

"Almas atormentadas, tremei!"

2 comentários inúteis:

BlackHammet []Tumullus[] disse...

muito bom hell!
nao conheço a banda, fiquei curioso agora, qdo chegar em casa vou baixar


e pra variar, citando nome de muitas bandas... tinha que ter agathocles no meio! hhaahaaahaah

Hellraiser disse...

Saudações, Hammet.
Acho que vai ser difícil aparecer uma banda que não tenha um split com Agathocles..
Até mais.

 

blogger templates | Make Money Online